Receita da torta de uva de Stephen King (Ou o Vomitorama de Conta Comigo ou Minha paixão por Teddy Duchamp)

Machado de AssisMachado de AssisMachado de AssisNível: 3 Machados difíceis, mas prazerosos.

 

A receita de hoje é recheada de uvas e nostalgia. Afinal de contas, o filme “Conta Comigo” marcou a minha infância e tenho certeza que sua infância também se você foi um viciado em “Sessão da Tarde”. Sou suspeita, porque eu já o assisti três vezes desde que descobri que o filme estava disponível no Netflix. Isso sem contar as diversas reprises na TV. Mas, o que poucos sabem é que a história é baseada no conto “O corpo”, presente no livro “Quatro Estações” de Stephen King.

Receita de Torta de Uva

Para continuar, preciso confessar que este livro e filme possuem um valor sentimental. Durante minha adolescência alimentei uma paixão platônica pelo ator Corey Feldman. Filmes como “Gremlins”,“Os Goonies”, “Garotos Perdidos” e “Sem licença para dirigir” marcaram a minha infância por alimentar a paixonite.

Foi um professor de inglês quem me disse que “Conta Comigo” havia sido inspirado no conto de Stephen King e, sabe, para ser uma fã que se preze, daquelas que tem de tudo sobre o ídolo, eu comprei o livro.

Quando eu peguei o conto na mão, fiquei impressionada. O filme é extremamente fiel, principalmente na parte do Vomitorama. E, relação nojenta ou não, é aqui que entra a nossa receita de hoje.

 A torta de uva

Filme "Conta Comigo"

Se você não conhece o enredo, vou fazer um resumo. O conto “O corpo” e o filme “Conta Comigo” contam a história de quatro amigos: Gordie, Chris, Teddy Duchamp (<3) e Vern. A história é contada por Gordie, que relembra uma aventura vivida com os amigos durante o verão de 1959. Os quatro companheiros decidem sair juntos à procura de um adolescente que está desaparecido na mata. A viagem acaba sendo uma oportunidade para eles se conhecerem melhor e, mais importante, conhecerem a si mesmo.

A Torta de Uva ( No filme é Torta de Amora) entra na história quando os quatro amigos param para descansar e Gordie conta a história de um rapaz muito gordo chamado Rabo Grande (No filme ele é chamado de Bola de Sebo). Este rapaz está cansado de ser zoado pelas pessoas e, durante um concurso de quem come mais tortas, ele decide se vingar. Toma um vidro de óleo de ríceno antes da comilança e se esbalda com cinco tortas. Depois disso, ele é acometido por uma vontade incontrolável de vomitar. A cena é tão nojenta que começa um festival de vômitos entre os concorrentes do concurso e o público. Você pode ver a cena no vídeo abaixo:

 

 

 

 

 

 

Já no livro, o seguinte trecho mostra como foi a experiência:

"E de repente o momento de vingança chegara. 
Seu estômago, insuportavelmente cheio, revolvia-se. 
Estava apertado como uma mão presa dentro de uma luva de borracha. 
Sua garganta abriu-se.
Rabo Grande ergueu a cabeça.
Sorriu para Bill Travis com os dentes azuis.
O Vômito subiu por sua garganta como um canhão de seis 
toneladas atirando dentro de um túnel.
Saiu de sua boca uma imensa rajada azul e amarela, quente. 
Cobriu Bill Travis que só teve tempo de pronunciar uma sílaba 
irrrg - foi o que pareceu. 
As mulheres na platéia berraram. 
Calvin Spier, que observava o imprevisto evento com 
uma expressão muda e assustadora, debruçou-se sobre a mesa como 
que para explicar à platéia embasbacada o que estava acontecendo, 
e vomitou na cabeça de Marguerite Charbonneau, a mulher do prefeito. 
(...) 
Rabo Grande, no absoluto apogeu de sua juventude, olhou feliz para a platéia. 
Havia vômito em toda parte."

Receita de torta de uvaCuriosidades

É um costume nos Estados Unidos estes concursos de comilança. Na verdade, acontece edições anuais em vários lugares do mundo, inclusive no Brasil, mas são os americanos que fazem com mais frequência. Concurso de quem come mais hambúrgueres, macarrão, hot dog e tortas. Mas, assim como no conto de Stephen King, estes concursos de tortas são feitos com aquelas tradicionais tortas americanas com casca em cima. Um trecho do conta deixa isso bem explicadinho:

Rabo Grande comia como um possuído. Suas mandíbulas destruíram a casca 
de cima (as regras do concurso exigiam que se comesse só a casca de cima,
não a de baixo) e quando desapareceu, seus lábios produziram um imenso 
barulho de sucção.

Esta crosta ficou conhecida como “Coffin” (Caixão). Os ingleses é que levam até o hoje o crédito por terem feito a primeira torta de cereja da história para a Rainha Elizabeth I. As tortas chegaram aos Estados Unidos com os primeiros colonos ingleses e se tornaram tradicionais sobremesas americanas.

Nós não temos o costume de fazer tortas com esta casca em cima. E elas parecem extremamente difíceis de fazer. Pelo bem da minha paixão por Teddy Duchamp, eu vou tentar.

Como fazer torta de uvaIngredientes

Massa

– 4 xícaras de farinha de trigo
– 3 ovos
– 200 gr de manteiga cortada em cubos
– 1/2 copo de água

Misture os ingredientes de uma forma que a massa fique bem porosa, acrescente a água aos poucos. Amasse-a e envolva em papel filme. Leve até a geladeira e deixe gelar por cerca de 30 minutos.

Depois, divida a massa em duas partes e com um rolo a abra. Cuidado para não deixá-la muito fina. Cubra uma forma redonda sem fundo com a massa. Reserve a outra parte, já aberta, para cobrir o recheio.

Recheio

– 2 kg de uvas thompson roxas
– 4 colheres de açúcar
– 3 colheres de maisena

Coloque as uvas e o açúcar no fogo e deixe cozinhar. A própria fruta liberará água, formando uma espécie de geleia. Coloque a maisena e mexa até engrossar.

Depois, despeje o conteúdo dentro da massa.

Cubra as uvas com algumas colheres de manteiga e coloque a segunda parte da massa em cima do recheio. Não esqueça de fazer um furo no meio. Isso para que o recheio não ferva e exploda dentro do forno.

Leve ao forno com temperatura 140º por uma hora e meia.

Filme "Conta Comigo"

 

Uma consideração sobre a torta de uva: Eu fiz com uvas roxas para ser fiel à história. Mas, creio que com as uvas verdes ela deve ficar mais gostosa.

Mesmo assim eu levei o prato para o sofá e o comi quase inteiro enquanto revia “Conta Comigo”.

Sim, de novo.

Denise Godinho

Meu nome é Denise Godinho. Decidi aprender a cozinhar e, para a empreitada ser mais interessante, vou fazer as receitas que estão escondidas dentro dos livros. E, acredite, são muitas!

Share This