As Horas e a Caçarola de Siri

No livro “As Horas”, de Michael Cunningham, Clarissa organiza uma festa para o amigo Richard e prepara uma Caçarola de Siri, prato preferido dele.

 Amigos, estou em falta com vocês. Ando postado pouco e confesso que tenho tido problemas em manter a minha promessa de publicar três receitas por semana. Mas é só temporariamente, tá? É que o final de ano chega e o trabalho acumula, sabe como é. Ainda mais nesta vida de freelancer onde é preciso correr atrás da graninha extra para viajar, comprar presente pro namorado e etc etc rs

Porém, o problema é arranjar tempo para postar. Porque eu ando cozinhando até que bastante. Quem acompanha o Instagram do Capitu vê alguma receita nova pintando por lá de vez em quando rs

A receita de hoje foi retirada de um livro lindo que inspirou um filme mais lindo ainda. A Caçarola de Siri ficou uma delícia. Acertei em cheio! Ideal para aquele jantar rápido e, mesmo assim, saboroso. Espero que gostem 🙂

“As Horas” conta a história de três mulheres em épocas diferentes. Uma delas é a escritora Virginia Woolf que está lutando para terminar o seu romance “Mrs. Dalloway“. Laura é uma dona de casa que no fim da década de 40 luta contra a depressão enquanto mergulha na leitura de “Mrs. Dalloway”. Já Clarissa está organizando uma festa para o amigo Richard, em fase terminal da AIDS, que acabou de ganhar um prêmio literário. Richard a chama de Mrs. D, uma alusão a “Mrs. Dalloway“.

Clarissa vai comprar flores para a festa e decide visitar o amigo. Richard está deprimido por causa da doença, quase não sai mais de casa e seu apartamento, antes iluminado e cheio de vida, parece ter definhado com ele, evidenciando a iminência da morte. Richard não está animado com a festa, mas Clarissa tenta convencê-lo de qualquer jeito. Diz que volta no fim da tarde para ajudá-lo a se trocar. Veja o trecho:

Richard foi em tempos ávido e alto, vigoroso, brilhante e pálido como leite. 
Em tempos andou por Nova Iorque com um velho sobretudo militar, 
falando excitadamente, com o emaranhado escuro do cabelo impacientemente 
afastado do rosto, preso por uma fita azul que encontrara.
- Fiz aquela receita de caranguejo - diz Clarissa. - Não que imagine que 
possa constituir alguma espécie de persuasão séria.
- Oh, tu sabes que adoro a receita de caranguejo. Faz diferença, claro que faz. 
Clarissa?
- Sim?
Richard levanta a desfigurada cabeça maciça. 
Clarissa vira o rosto para o lado e recebe o beijo dele na face. 
Não é boa ideia beijá-lo nos lábios: uma simples constipação seria 
uma tragédia para ele. Recebe o beijo na face e aperta o ombro magro de Richard
com as pontas dos dedos.
- Venho buscar-te às 3.30 - diz-lhe.
- Maravilhoso - responde Richard. - Maravilhoso.

As Horas

O escritor Michael Cunningham lançou “As Horas“, em 1998, livro que lhe rendeu o Pullitzer de Melhor Ficção. Cunningham nomeou assim o seu livro porque quando Virginia Woolf escreveu “Mrs Dalloway”, em 1925, ela cogitou dar ao romance o título “As Horas”.

Em 2002, sua obra foi adaptada para o cinema com Nicole Kidman, Julianne Moore e Meryl Streep interpretando as três personagens principais. Ed Harris é quem interpreta Richard.

Nicole Kidman ganhou o Oscar de Melhor Atriz por sua interpretação da escritora Virginia Woolf.


 

Machado de AssisNível: Apenas 1 Machado

Caçarola de Siri
Avalie essa receita
Imprimir Receita
Tempo de preparo
30 min
Tempo de preparo
30 min
Ingredientes
  1. - 4 batatas médias
  2. - 1/2 kg de carne de siri (Eu paguei 29 reais no Mercado Municipal de São Paulo)
  3. - 1 lata de creme de leite
  4. - Sal e pimenta à gosto
  5. - 2 colheres sopa de alho amassado
  6. - 100g de queijo parmesão
Modo de Preparo
  1. Cozinhe as quatro batatas médias e as amasse com um garfo.
  2. Numa panela refogue o alho no azeite e acrescente a carne de siri.
  3. Coloque o creme de leite e tempere com sal e pimenta à gosto.
  4. Acrescente a batata e mexa por dez minutos.
  5. Polvilhe o queijo ralado em cima e leve ao forno médio por quinze minutos.
Capitu vem para o jantar http://capituvemparaojantar.com/

Caçarola de Siri

Como eu disse no começo do texto, a caçarola ficou ótima! É uma receita bem simples, não tem segredo.

Fica uma espécie de escondidinho de siri. 

Ideal para acompanhar com uma bela salada de agrião! 

😀

Denise Godinho

Meu nome é Denise Godinho. Decidi aprender a cozinhar e, para a empreitada ser mais interessante, vou fazer as receitas que estão escondidas dentro dos livros. E, acredite, são muitas!

Share This