Bolo Branco de Um Bonde Chamado Desejo

Em “Um Bonde Chamado Desejo“, peça teatral de Tennessee Williams, a personagem Blanche DuBois comemora o aniversário com um Bolo Branco. Aproveitei a receita para comemorar os meus 27 anos. 😀 

Uma verdade inconveniente que me disseram certa vez e não dei muita bola: quanto mais velho se fica, menos prazer temos em fazer aniversário. Tá, eu sei que tô parecendo muito fatalista já que estou completando só 27 anos. Porém, a verdade é que sempre fui daquelas pessoas que a-do-ra-vam comemorar. Meu aniversário era sinônimo de festa a semana inteira. E não aconteceu assim este ano.

O inferno astral veio com tudo. E veio da pior forma: em reflexões. Porque quando alguns pequenos e comuns desastres acontecem neste período, bom, estes acabam virando piada. Veja, no inferno astral do ano passado eu decidi passar alguns dias das férias em Buenos Aires. Foi colocar meu pé na cidade e uma pomba tratou de lançar seus dejetos na minha cabeça. No do ano anterior, fui atropelada por uma bicicleta e torci o pulso. Mas neste ano o danado veio invisível, remexendo os sentimentos aqui dentro. Me fazendo até ficar um pouco ausente aqui no blog. Me desculpem? 😀

Ufa! Ainda bem que o aniversário chegou e isso significa que só vejo este maldito daqui um ano!

Bom, chega de chororô, né? Hoje a receita é uma delícia escondida numa peça maravilhosa. Não sei se já comentei por aqui, mas fiz teatro durante muitos anos. Nada profissional, mas foi uma experiência deliciosa de auto descobrimento que eu indico a todos. Li “Um Bonde Chamado Desejo“, portanto, há alguns anos. No entanto, não tinha a peça e estes dias me deparei com o livro num sebo. Decidi comprá-lo só por causa da dedicatória escondida dentro dele:

um bonde chamado desejo

Reli a história pensando na vovó Carmen. O que será que ela achou do livro? Em quais circunstâncias ela ganhou este presente?

Bom, o livro não dá muita pista sobre o sabor do bolo de Blanche, dizendo apenas que trata-se de um bolo branco. Por isso, decidi fazer um bolo de manteiga recheado de leite condensado que minha avó Enedite fazia quando eu era criança. Assim, fica tudo entre avós, né? 😀

Através de um bonde chamado Desejo, Blanche DuBois chega ao apartamento da sua irmã Stella, em Nova Orleans, para passar uma temporada. Ninguém sabe o que aconteceu no seu passado e o porquê de ela querer começar nova vida. Mistério que, é evidente, vai sendo desvendado ao longo da peça.

Blanche é uma mulher perseguida por este passado, fato que fez com que ela inventasse uma outra realidade. Realidade que ela mesma acabou acreditando. Ela era uma mulher linda e bem sucedida, um exemplo da beleza sulista, quando vivia em Laurel, no Mississippi. E, por isso, ao chegar em Nova Orleans ela se assusta com o ambiente, rústico, pobre, urbano e cheio de imigrantes.

Stella está grávida do marido Stanley, o típico machista que acha que a mulher existe para serví-lo. Apesar de Blanche ser um retrato da futilidade, ela é uma mulher bem a frente do seu tempo, com pensamentos modernos e independentes. E, bom, fica claro que ela vai entrar em conflito direto com Stanley.

Em meado de setembro, é o aniversário de Blanche. Stella está preparando uma festa com jantar e um Bolo Branco e fincando velas cor-de-rosa em cima do bolo.

STANLEY - Quantas velas vai pôr nesse bolo?
STELLA - Vou parar em vinte e cinco.
STANLEY - Haverá visitas?
STELLA - Convidamos Mitch para comer um pedaço de bolo e tomar sorvete.

Blanche não assume a idade. Não sabemos quantos anos ela tem exatamente, mas ela quer sempre parecer mais jovem do que é, inclusive preferindo sair a noite para que a luz não revele muito do seu rosto. Blanche é uma personagem incrível. Indico muito a leitura!

Um bonde chamado desejo com Marlon Brando

 A peça “Um Bonde Chamado Desejo”, de Tennessee Williams, estreou na Broadway no dia 3 de dezembro de 1947 e ficou em cartaz por dois anos inteiros. A peça foi estrelada por Jessica Tandy, como Blanche e Marlon Brando, como Stanley.

A história foi adaptada para o cinema diversas vezes, mas a mais famosa é a de 1951 com Vivien Leigh como Blanche (Papel que lhe rendeu o Oscar de Melhor Atriz naquele ano) e Marlon Brando repetindo o papel de Stanley.

Há um rumor que a personagem Blanche foi escrita baseada em Rose Williams, irmã de Tennesse que tinha problemas mentais e teve até que ser submetida a uma lobotomia.

Quanto ao Bolo Branco, eu dei uma pesquisada e encontrei que esta é uma receita típica do sul dos Estados Unidos do começo do século 20. Isso significa que tem tudo a ver com a que aparece no livro. Trata-se de um bolo coberto por claras com açúcar. Simples assim.


 

Machado de AssisNível: Apenas 1 Machado

Bolo Branco
Avalie essa receita
Imprimir Receita
Ingredientes
  1. Para a massa
  2. 5 ovos
  3. 1 xícara de chá de manteiga amolecida
  4. 1/2 xícara de manteiga em temperatura ambiente
  5. 2 colheres chá de extrato de baunilha
  6. 3 xícaras chá de açúcar
  7. 3 xícaras de farinha de trigo
  8. 1/2 xícara de leite
  9. 2 colheres chá de fermento em pó
  10. 1 colher chá de sal
  11. Para o recheio
  12. 1 lata de leite condensado
  13. Suco de 1 limão
  14. Para a cobertura
  15. 3 claras
  16. 2 colheres sopa cheias de açúcar
Modo de Preparo
  1. Bata a manteiga amolecida com o açúcar. Adicione os ovos, um de cada vez.
  2. Acrescente o leite misturado com a baunilha e bata até ficar um creme homogêneo.
  3. Coloque a manteiga e bata até que esta se misture.
  4. Agora, acrescente os ingredientes secos, a farinha, o sal e o fermento. Mexa até que todos os ingredientes estejam bem misturados.
  5. Despeje numa forma untada com manteiga e farinha e leve ao forno médio por trinta minutos.
  6. Enquanto isso, faça o recheio e a cobertura. Para fazer o recheio, é simples. Basta misturar o leite condensado com o suco de limão e reservar.
  7. Para fazer a cobertura, leve as gemas ao microondas por 10 segundos. (Cuidado para que elas não cozinhem! Dez segundos é o suficiente). Em seguida, acrescente o açúcar e bata até o ponto de neve.
  8. Quando o bolo sair do forno, corte ele ao meio e recheio com o leite condensado. Em seguida, cubra-o com a cobertura.
Capitu vem para o jantar http://capituvemparaojantar.com/

 

Um Bonde Chamado Desejo

Se você quiser fazer o típico Bolo Branco do sul dos Estados Unidos, basta dobrar a receita da massa e fazer dois bolos. Corte-os ao meio e ele terá duas camadas de recheio. 

Não o fiz assim porque ficaria muito grande só pra mim. Mas eu garanto que este bolo de manteiga da minha avó é uma delícia. Era o grande xodó da infância.

Foi o presente que eu me dei de aniversário.

Matar um pouco de saudade da vó Enedite com a receita deste livro lindo!

<3

Denise Godinho

Meu nome é Denise Godinho. Decidi aprender a cozinhar e, para a empreitada ser mais interessante, vou fazer as receitas que estão escondidas dentro dos livros. E, acredite, são muitas!

Share This