Bolo de Mandioca de Cora Coralina

Cora Coralina era uma poetisa incrível e uma cozinheira de mão cheia. Aprenda a fazer o Bolo de Mandioca da escritora!

Em 2010 vivi um ano bem conturbado. Estagiava na Prefeitura de São Paulo e terminava com muito suor um curta-documentário sobre o primeiro filme pornográfico brasileiro. Este foi o meu querido Trabalho de Conclusão do Curso de Jornalismo.

O caso é que me lembro bem daqueles últimos dias, saindo do trabalho correndo para passar longas madrugadas dentro de uma ilha de edição.

Bom, mas o que diacho isso te a ver com a receita de hoje?

Data da foto: 1982 Cora Coralina, poetisa.

Lembro que na semana antes de entregar o trabalho, entrei correndo no ônibus intermunicipal que me levava todos os dias do centro de São Paulo até São Bernardo do Campo, onde eu estudava.

Era um ônibus confortável e naquele trajeto de quase uma hora eu tirava preciosos cochilos que me restauravam para a maratona dentro da ilha de edição. 

Só que naquele dia minha rotina mudou graças a um livro esquecido em uma das poltronas do ônibus. Tratava-se de “O Tesouro da Casa Velha”, de Cora Coralina. Um livro que reúne diversos contos inspirados pelos próprios poemas da escritora.

Bom, o problema é que assim que abri o livro fui fisgada imediatamente pela escrita ágil e simples de Cora e minha soneca ficou em segundo plano. 

Porém, algo estranhíssimo aconteceu. 

Eu estava sim morrendo de cansaço e desejando há dias horas e horas ininterruptas de sono. Mas ler o livro de Cora Coralina e fugir completamente da minha realidade daquele momento, aquietou o meu cérebro e me senti muito descansada para continuar com o trabalho. 

E, admito aqui com um pouco de constrangimento que, até aquele momento, nunca havia lido Cora Coralina. 

O trabalho deu certo, eu consegui dormir muitas horas seguidas alguns dias depois e, mais importante, me tornei uma apaixonada por Cora Coralina, o que me fez buscar outras obras da escritora.

Agora, o interessante de falar sobre Cora é que ela era uma cozinheira de mão cheia! Seus poemas sempre contam com alguma referência culinária e, para a nossa sorte, há um livro chamado “Cora Coralina: Doceira e Poeta”, que reúne 48 receitas da escritora.

Uma delas é o incrível e fofinho e saboroso Bolo de Mandioca, Queijo e Coco Fresco. Um bolo que não precisa de fermento! 

Eu testei em casa e tem gosto de café-da-tarde com a família, daqueles que a gente tomava durante a infância sem nenhuma preocupação mais grave do que decidir o que assistir na TV após o banquete.

Bons tempos aqueles!


 

1machado

 

Bolo de Mandioca, queijo e coco
Avalie essa receita
Imprimir Receita
Ingredientes
  1. Meio quilo de mandioca crua
  2. 100g de queijo parmesão ralado
  3. 200g de coco fresco ralado
  4. 200g de manteiga
  5. 2 xícaras chá de açúcar
  6. 6 ovos batidos
Modo de Preparo
  1. Misture todos os ingredientes, sendo os ovos por último.
  2. Coloque numa assadeira untada com manteiga e farinha.
  3. Leve ao forno pré-aquecido a 180 graus por mais ou menos 45 minutos.
  4. *Ou até que o bolo esteja dourado e sequinho.
Capitu vem para o jantar http://capituvemparaojantar.com/

Faça o bolo e aproveite pra ler Cora Coralina enquanto faz isso.

E que tal no tempo livre visitar a casa onde a escritora morou?

Saiba mais neste post aqui.  

<3

 

Denise Godinho

Meu nome é Denise Godinho. Decidi aprender a cozinhar e, para a empreitada ser mais interessante, vou fazer as receitas que estão escondidas dentro dos livros. E, acredite, são muitas!

  • Tamires

    Só de ler dá vontade de comer!!!

    Há bastante tempo acompanho as suas postagens, mas nunca parei para dizer que ADORO!!! Sério, você une duas das coisas mais perfeitas do mundo: literatura e receitas!!!

    Bjs,

    http://www.tamiresdecarvalho.com/

    • Denise Godinho

      Oi, Tamires, tudo bem?

      Obrigada pela visita!!! Se um dia tiver alguma sugestão de receita, por favor, me conta!

      Um beijo

      <3

      • Tamires

        Então já vou pedir os Croissants e o café cremè do livro “Como eu era antes de você”, da Jojo Moyes. No final da leitura eu estava tão emocionada que também precisava de um lanche desses! Infelizmente não podemos todas ir a Paris, não é verdade?!

        Bjs! 🙂

        • Ótima dica! Já está anotado!
          E estou louca pra ver o filme! hahaha

Share This