Receita do chocolate quente de Chocolate ou o preferido do cigano Roux

Machado de AssisNível: Apenas 1 Machado

 

Que tal uma receita de chocolate quente para aquelas tardes chuvosas? E tem como dizer não a uma bebida que é feita de chocolate derretido e que ainda é a preferida do Johnny Depp no filme “Chocolate”?

Como fazer chocolate quente

A decisão de fazer um blog para aprender a cozinhar ainda me espanta. Não é que eu não goste da ideia, mas sim porque eu a amo cada vez mais. Mas, é preciso admitir que dá um trabalho e tanto pesquisar receitas nos livros, cozinhar, errar e cozinhar de novo só para tirar foto. (Sim, isso já aconteceu algumas vezes, mas não vou dizer quantas porque ainda tenho uma integridade a zelar).

E então lá fui eu ler o livro “Chocolate” da escritora Joanne Harris. Só tinha visto o filme e, graças a este blog, decidi ler o livro. E não me arrependi. Baita livro gostoso de ler! <3

Ainda terminei a obra com um estoque e tanto de receitas para publicar por aqui. Mas, hoje é o dia do chocolate quente!

Receita de Chocolate QuenteO chocolate quente

A pequena e religiosa cidade francesa Lansquenet-sous-Tannes precisa lidar com a chegada da forasteira Vianne, que decide abrir uma chocalateria em plena quaresma. Graças a isso, ela começa uma guerra contra o padre da igreja local que julga sua influência como pecaminosa para os moradores de bem.

A situação piora quando um grupo de ciganos chega na cidade. O padre faz uma campanha para que as pessoas que possuem estabelecimentos públicos coloquem na porta um cartaz amarelo com a proibição da entrada deles. Vianne é a única a quebrar esta “regra” e acaba fazendo amizade com o cigano Roux.

Se você viu o filme, com certeza se lembra daquele mistério-lenga-lenga em que Vianne (interpretada por Juliette Binoche) tenta descobrir o chocolate preferido do cigano Roux. O personagem, interpretado pelo tesudo do Johnny Depp, prova todos os chocolates da loja para, apenas no fim, admitir que o seu preferido é o bom e velho chocolate quente. No livro não há esta brincadeira, mas a bebida é um dos produtos que mais sai na loja de Vianne.

Por isso, decidi que a receita valia entrar aqui (Com ou sem Johnny Depp).

Como são muitas as passagens cujo protagonista é este líquido dos deuses, escolhi apenas um trecho, quando o cigano Roux visita a loja pela primeira vez:

Ele relaxou um pouco e bebeu mais chocolate.
Pela primeira vez pareceu registrar o quanto era gostoso
e deu-me um sorriso de súbita e peculiar doçura.

Receita de chocolate quenteCuriosidades

Há algum tempo escrevi uma reportagem para a Revista da Cultura (Você pode ler aqui) sobre como é possível entender determinado contexto histórico através das comidas citadas pelos escritores em suas obras. Para a ocasião, eu bati um papo muito interessante com o Enrique Renteria, primeiro tradutor do livro “A fisiologia do gosto”, de Brillat-Savarin, para o português. O livro de Brillat-Savarin é uma bíblia da gastronomia que descreve os alimentos e os hábitos alimentares da França em meados do século 18.

Na obra, há um capítulo inteiro dedicado ao chocolate. Renteria me explicou que o chocolate naquela época só existia no formato líquido e que o chocolate sólido só foi inventado no final do século 19 por um holandês chamado Van Houten. E então corri ao meu exemplar do “Fisiologia do gosto” e achei um trecho interessante que tem muito a ver com este post.

As damas espanholas do Novo Mundo amam o chocolate à loucura,
a ponto de que não contentes em tomar várias vezes por dia o 
fazem trazer até a igreja. 
Essa sensualidade já lhes atraiu diversas vezes a censura 
dos bispos, mas eles acabaram por fechar os olhos, 
e o reverendo padre Escobar, cuja metafísica era tão sutil 
quanto sua moral acomodadiça, declarou formalmente que o chocolate
com água não interrompia o jejum, esticando assim, a favor das 
suas penitentes, o antigo adágio: 
"Liquidum non frangit jejunium".

Receita de chocolate quenteIngredientes

– 170g de chocolate ao leite
– 1 lata de creme de leite
– 1 vez a medida da latinha de creme de leite com leite integral

Passo a Passo

Derreta os 170g de chocolate em banho-maria e em seguida acrescente o creme de leite (sem o soro) e mexa até ficar homogêneo.

Tire do banho-maria, coloque a medida de leite integral e leve ao fogo.

Deixe ferver e está pronto!

Receita muito simples de fazer e bem gostosa. O creme de leite dá uma quebrada no doce. Fica ótimo! 
Depois você deixa um pedaço de chocolate derreter lá dentro. Delícia! 😛

Denise Godinho

Meu nome é Denise Godinho. Decidi aprender a cozinhar e, para a empreitada ser mais interessante, vou fazer as receitas que estão escondidas dentro dos livros. E, acredite, são muitas!

Share This