Cozinhar, a terapia

Desde que iniciei este blog, tenho ficado cada vez mais encantada com a arte que é aprender a cozinhar. Depois de um dia corrido, não tem coisa melhor do que me trancar na cozinha e deixar a imaginação correr solta enquanto salgo isto, tempero aquilo e, ocasionalmente, carbonizo aquele outro. Está sendo uma baite de uma terapia pelo preço ótimo de pagar apenas os ingredientes do prato e ainda ter a oportunidade de comer tudo em seguida.

Só percebi o quanto a cozinha se tornou o cômodo favorito da casa com a última semana que passou. Correria pura como há tempos não tinha. Entregar frilas, viagem a trabalho e uma gripe como cereja do bolo. No fim, a cozinha acabou ficando solitária. Como resultado? Humor péssimo e um sentimento de culpa horrível por não ter produzido algo para o blog. Mais ou menos a sensação de quando perdemos uma sessão de terapia e achamos que o mundo vai acabar por isso. (Quem já fez terapia, vai me entender).

Mas eu voltei, comecei a segunda-feira animada e já planejo correr para a cozinha durante a noite e produzir algo bem bacana para publicar por aqui. Tenho muitos assuntos legais para contar para vocês nos próximos dias. Quem acompanha o Facebook da Capitu viu que eu estive na Flip neste final de semana e vi um evento ótimo que falou sobre as comidinhas nos livros do Monteiro Lobato. Também tem uma saga complicadíssima para fazer uma receita de um livro muito famoso e ainda uma entrevista pra lá de curiosa sobre comida com a produtora de um seriado um tanto quanto gastronômico.

Eu estava fora do ar, mas acompanhando sempre que pude as visitas pelo celular, e fiquei muito feliz de ver que, neste final de semana, o Capitu ultrapassou 3 mil seguidores no Facebook. Fiquei tão feliz que decidi fazer um sorteio em breve por aqui.

Muito obrigada pela visita! Aprender a cozinhar é muito mais terapêutico quando vejo que tem gente curtindo o blog. <3

Marcia Camargos falou sobre o livro “À Mesa com Monteiro Lobato” na Flip

Denise Godinho

Meu nome é Denise Godinho. Decidi aprender a cozinhar e, para a empreitada ser mais interessante, vou fazer as receitas que estão escondidas dentro dos livros. E, acredite, são muitas!

Share This