10 filmes para você se inspirar na cozinha

Filmes sobre gastronomia são ótimas pedidas para você se render às delícias de aprender a cozinhar. Veja esta lista e se inspire!

Mesmo antes de decidir aprender a cozinhar, eu sempre gostei de filmes sobre gastronomia. Fato óbvio, já que também sempre gostei (muito) de comer.

Assistir aos mais variados personagens e as delícias que eles preparam na tela é muito inspirador. E, por que não, até se divertir com os desastres? Eles ajudam a nos sentir humanos. (Se até Catherine Zeta Jones interpreta uma tragédia na cozinha, o meu bolo também pode ficar murchinho, né?).

Veja abaixo dez filmes sobre gastronomia.

Toast

toast

Acho um filme pra lá de sensível. Fala bastante sobre o amor pela comida. Para começo de conversa, é uma cinebiografia do jornalista culinário Nigel Slater. 

Através do filme, descobrimos como Nigel se transformou neste grande nome da gastronomia. 

A mãe de Nigel não sabia cozinhar absolutamente nada e era adepta dos jantares enlatados.

Contudo, após o falecimento da mãe, o pai se envolve com a Sra. Potter, uma mulher bastante austera mas que cozinha como ninguém.

Com ela, Nigel vai se apaixonar por esta alquimia encantadora que é cozinhar.

Além disso, tem uma torta de limão de se emocionar. Duvido que você consiga assistir esta cena sem querer correr atrás de uma torta.

Julie & Julia

julie e julia

Um filme que tem muito de Capitu. Afinal, estamos falando de uma jornalista, Julie Powell, que decide cozinhar as receitas do livro da incrível Julia Child durante um ano.

A empreitada aconteceu de verdade e virou livro. O livro inspirou o filme protagonizado por Meryl Streep e Amy Adams.

Além disso, vale dizer que a obra é dirigida por ninguém mais, ninguém menos que Nora Ephron.

Quem acompanha o Capitu já viu que eu fiz uma receita inspirada no livro e no filme. Trata-se do Beef Bourguignon. Olha só a receita aqui

Chocolate

chocolate

A adaptação cinematográfica do livro “Chocolate”, de Joanne Harris, é uma delícia.

Estamos falando de um filme que tem chocolate em todas as cenas. E de um filme que tem Johnny Depp. Quer dizer, como ser ruim?

A história gira em torno de Vianne Rocher que, junto com a filha, se muda para uma pequenina e pacata cidade da França. Lá ela decide abrir uma loja de chocolates.

Fato que é considerado uma afronta pela população religiosa que não se deixa levar pelos pecaminosos prazeres da mesa.

Um filme para se assistir mil vezes. Pelo menos eu sei que assim o fiz. 

Veja a receita do chocolate-quente do livro aqui

Sem Reservas

Outro filme que assisto toda vez que tenho oportunidade. Se está passando na TV, sou obrigada a parar e assisti-lo novamente.

É uma comédia romântica maravilhosa protagonizada por Catherine Zeta-Jones e Aaron Eckart. 

Conta a história de Kate, uma chef bem sucedida de um concorrido restaurante em Nova York.

Contudo sua carreira sofre um baque quando a irmã falece e ela tem que cuidar da sobrinha.

Tudo isso enquanto aparece um souschef bastante galanteador e que vai deixá-la bastante confusa.

Em entrevista para divulgar o filme, Catherine Zeta-Jones contou que trabalhou durante um dia no restaurante Fiamma Osteria, em Nova York, para se preparar para o papel.

Os clientes comentavam que ela se parecia muito com “aquela atriz Catherine Zeta-Jones” e ela respondia que estava acostumada a ouvir isso sempre. Diva, né?

A Festa de Babete

a festa de babete

Este filme dinamarquês foi inspirado em um conto da escritora Karen Blixen.

Conta a história de Babette, que em 1871 chega a um vilarejo da Noruega fugida da França durante os conflitos da Comuna de Paris.

Na cidade luz, Babette era uma exímia cozinheira e, por isso, sabe preparar pratos como ninguém.

Um belo dia ela ganha na loteria e decide organizar uma festa para o aniversário do pastor da cidade.

Só que o vilarejo é super religioso e acha que é pecado se deixar levar pelos prazeres da gula. Mas, é obvio que o jantar é um daqueles irresistíveis e, sabe como é…

Estômago

estomago

Sou suspeita, já que amo este filme.

Mas acho que você também vai adorar esta peculiar história deste representante brasileiro da lista.

Raimundo é um migrante nordestino que chega a São Paulo em busca de oportunidades.

Acaba sendo contratado como cozinheiro de um boteco e, assim, ele descobre o seu talento para a cozinha.

O interessante é que a história é recheada de humor negro e com um final incrível.

A odisseia para encontrar queijo gorgonzola é hilária.

Os Sabores do Palácio

os sabores do palácio

Este filme francês é apetitoso.

Baseado em fatos reais, conta a história de Hortense Laborie, chef de cozinha contratada para preparar os jantares do presidente da França.

O bacana é que a gente descobre os bastidores políticos através da cozinha e de Hortense. Uma outra visão sobre um filme político.

Excelente!

Como água para chocolate

como agua para chocolate

O filme é a adaptação do livro de mesmo nome da escritora Laura Esquivel.

Um livro que recomendo a todos os amantes de literatura e gastronomia. Dá pra ler numa sentada!

O filme é mexicano e conta a história de Tita, a filha mais nova de uma família muito tradicional.

Como filha mais nova, seu destino é cuidar da mãe até a morte. No entanto, ela se apaixona por Pedro e não pode viver esta paixão.

Tita então se joga na cozinha, preparando pratos maravilhosos que acabam sendo influenciados por seu humor.

Vatel

vatel

Este filme francês é baseado em uma história real e conta a trajetória de François Vatel.

Vatel é cozinheiro do príncipe de Condé e tem que preparar um elaborado banquete para o rei Luiz XIV.

O cozinheiro então entra numa competição pessoal para dar o melhor de si e provar ao rei que ele é muito melhor que o cozinheiro do palácio real.

Este encontro foi importante por centenas de motivos políticos. Mas no momento nos importa apenas que foi para esta ocasião que ele inventou o nosso tão querido chantilly.

Ratatouille

Ratatouille

Esta será a única vez que você verá um rato na cozinha e ainda assim morrerá de amor.

Rémy é um rato que vive em Paris e sonha em ser um chef. Ele gosta tanto de culinária e se dedica tanto ao segredos da cozinha que seu olfato é bastante útil para desvendar venenos de rato escondidos na comida.

Um belo dia ele conhece Alfredo, um jovem que não tem habilidade nenhuma na cozinha, mas precisa manter o emprego no restaurante onde trabalha.

É uma animação linda. Sem contar que você vai morrer de vontade de provar o prato Ratatouille.

E aí. você se lembra de mais algum filme que poderia estar aqui?

Denise Godinho

Meu nome é Denise Godinho. Decidi aprender a cozinhar e, para a empreitada ser mais interessante, vou fazer as receitas que estão escondidas dentro dos livros. E, acredite, são muitas!

  • Carmen G. Mendes

    “Como água para chocolate” está entre meus livros e filmes favoritos. De uma alguma maneira nosso humor influencia nossas escolhas na hora de cozinhar.

  • Mia

    Metade de sua lista são filmes que considero favoritados no coração. A outra metade eu sei que logo o será. OU SEJA = ♥

    Que post mais amor!

    • Mia, obrigada pela visita!
      Adoro comer e ver filmes. Imagina quando o filme é sobre comer? rs
      Um beijo

  • Elizama nobre

    Qual o site que vc assistiu o filme chocolate eu conseguir assistir só até a metade pfv me diga

    • Oie, eu assisti na TV. Mas acabei de conferir e tem no Netflix. Um beijo <3

  • Ana Matias

    Uma “pequena” correção: “Estômago” se passa em Curitiba, não em São Paulo!

Share This