Espaguete de O Poderoso Chefão e a diversão de cozinhar com o namorado

O espaguete aparece em cinco situações diferentes no livro “O Poderoso Chefão”, de Mario Puzo. Este é um dos livros favoritos do namorado e, por isso, desta vez, ele é quem colocou a mão na massa!

O Hugo entrou na dança do Capitu para preparar um prato presente em um dos seus livros favoritos. O problema é que ele não sabe cozinhar nadica de nada. Quando eu digo nada, cara, tô falando nada mesmo. Uma vez tentei ensiná-lo a fazer brigadeiro e a massa ficou tão dura que poderia matar alguém na rua se eu a jogasse pela janela. Mas, como já disse por aqui, ele vem me dizendo há algum tempo que pretende aprender esta prática linda que é cozinhar.

Bom, que oportunidade melhor de colocar a mão na massa do que a de cozinhar uma massa de espaguete? Esta receita foi ele quem fez do começo ao fim. Eu sequer encostei num ovo.

Foi uma experiência inusitada. Sabe aquelas cenas de filmes onde o casal cozinha apaixonadamente? Bom, não foi assim que aconteceu. Porque quando ele terminou a receita parecia que um furacão tinha passado pela cozinha. Os filmes nunca mostram o depois – a hora de lavar a louça, varrer a farinha que caiu no chão, colocar o lixo pra fora. Mesmo assim, foi mega divertido e pretendo repetir a dose.

Enfim, veja se você aprova o espaguete do Hugo e de Don Corleone.

Como já disse, o espaguete aparece em cinco situações diferentes no livro. Porém, na minha opinião, a mais importante é logo na primeira parte, quando o garoto Tom Hagen é encontrado na rua por Sonny Corleone. Depois de perder a mãe por causa de uma infecção nos olhos e o pai para a bebida, o garoto ficou sem ninguém e começou a perambular pelas ruas. Isto até ser encontrado por um jovem da mesma idade “um menino bondoso e arrogante”, Sonny, que levou o amigo para casa e exigiu que ele fosse aceito.

É na casa do mafioso Vito Corleone que Hagen encontra abrigo.

"Deram a Tom Hagen um prato de espaguete com 
suco de tomate cheio de óleo, cujo gosto ele 
jamais esqueceu, e depois lhe deram uma cama 
desmontável de metal para dormir".

Este é o trecho que inspirou Hugo porque, segundo ele, Tom Hagen é o seu personagem favorito em toda a obra. Mas, o espaguete aparece em várias versões: Uma vez acompanhado de vinho e com pão italiano, ideal para umedecê-lo no molho – como assim o faz Sonny. Em outro momento, o prato surge ao lado de uma vitela assada. Ou seja, fica a dica para possíveis acompanhamentos 😀

O Poderoso Chefão

Depois de uma carreira bem sucedida como jornalista e com alguns livros publicados, incluindo um infantil, Mario Puzo recebeu um adiantamento de cinco mil dólares para escrever uma obra sobre a máfia italiana.

Nascia assim a história de “O Poderoso Chefão”, lançada em 1969 e que se tornou sua obra-prima.

A história foi adaptada para o cinema em três filmes dirigidos por Francis Ford Coppola em 1972, 1974 e 1990. Os roteiros dos dois primeiros longas também foram escritos por Puzo, que levou o Oscar por seu trabalho.

Achei uma curiosidade interessante sobre o filme. Não sei se você já sabe disso, mas eu fiquei bem impressionada. Sabe aquela famosa cena do cavalo? Aquela que se desenrola quando um produtor de cinema não quer contratar Johnny Fontane, protegido de Vito Corleone, e acorda com um presente do mafioso em cima da cama? A cabeça do seu cavalo?

Bom, a curiosidade é que a cabeça é de um cavalo real. A produção a encontrou numa loja de alimentos para cães. Aquele gritos eufóricos que ouvimos na cena são reais. Isto porque o ator não fazia ideia que seria usada uma cabeça de verdade para a cena. Mórbido, não?


 

Machado de AssisMachado de AssisMachado de AssisNível: 3 Machados difíceis, mas gostosos!

Ingredientes

O Poderoso Chefão

Rendimento: 6 porções

Para a massa

– 1 kg de farinha de trigo
– 9 ovos
– 1 copo com água morna
– 1 colher sopa de amido de milho
– 3 colheres sopa de sal

Para o molho

– 1 kg de tomate maduro cortado sem semente
– 1/2 xícara de chá de azeite
– 1 cebola picada
– Alho
– Sal à gosto

Passo a Passo

receita de macarrão

Em uma travessa, junte a farinha, o amido e o sal. Acrescente um ovo de cada vez e mexa com uma colher.

Quando a massa já estiver mais úmida, comece a sovar. Acrescente a água aos poucos até dar o ponto.

Assim que a massa desgrudar das mãos e ficar bem lisinha, abra-a com um rolo de macarrão.

Estique bem, polvilhando farinha para que ela não grude.

Como fazer macarrão

Em seguida, enrole a massa (Veja a foto) como um rocambole.

Com uma faca bem afiada corte pequenas tiras do rolo. Quanto mais fino melhor. A massa do Hugo ficou um pouco grossa – mas, mesmo assim, deliciosa (Uma ressalva antes que ele reclame que estou difamando a receita rs).

Depois é só colocar as tiras na água fervente e deixar cozinhar.

Para fazer o molho, coloque os tomates numa panela e deixe no fogo até amolecer.

Em seguida, passe os tomates no processador.

Numa panela, refogue a cebola com azeite, alho e sal e acrescente a pasta de tomate.

Cozinhe por cerca de 15 minutos e coloque cheiro-verde ou folhas de manjericão.

Espaguete do Poderoso Chefão

Hugo arrasou no espaguete! Foi uma delícia a experiência de aprender a fazer espaguete juntos.

O problema é que agora, se depender do Hugo, vamos viver só dessa receita.

Ainda bem que tenho o Capitu Vem Para o Jantar para me ajudar com isso, né?

Denise Godinho

Meu nome é Denise Godinho. Decidi aprender a cozinhar e, para a empreitada ser mais interessante, vou fazer as receitas que estão escondidas dentro dos livros. E, acredite, são muitas!

Share This