O drink preferido de Truman Capote

Truman Capote era beberão dos bons. O drink preferido do autor de “A Sangue Frio era o Screwdriver, um drink de vodca com suco de laranja.

Meu primeiro contato com Truman Capote aconteceu na faculdade. Bom, era evidente que durante o curso de jornalismo eu fosse instruída a ler o livro “A Sangue Frio”, uma reportagem pra lá de eletrizante escrita em formato de romance por este tal de Capote.

Nos cursos de comunicação, a obra é frequentemente citada em aulas sobre gonzo jornalismo que, bem resumidamente, é um tipo de jornalismo em que o repórter se coloca no texto como personagem, vivenciando a história e a narra com tom literário.

Bom, deu-se que me apaixonei mesmo por este cara meio carrancudo chamado Capote. Ainda mais depois que descobri que foi ele quem escreveu a história que inspirou o filme “Bonequinha de Luxo“, protagonizado por Audrey Hepburn. (Livro, aliás, que eu só li online porque não consigo achar o bendito nas livrarias).

Truman Capote gostava de bebericar o seu Screwdriver enquanto pensava na vida, discutia com amigos ou escrevia suas grandes obras.

O fato é que de todos os drinks possíveis, Capote foi gostar do sem graça Screwdriver.

Tá, eu sei, é uma questão de gosto. Mas é que não vejo mesmo graça em vodca com suco de laranja. Me parece aqueles drinks que bebemos quando inciamos a vida etílica. Geralmente, vodca barata e suco de caixinha. Porque é o que podemos pagar e o que nosso organismo ainda virgem de álcool aguenta, já que o doce do suco ameniza o gosto da vodca.

E bem, é aí que mora o perigo. Porque é desta forma que nos encontramos com ele, o derradeiro primeiro porre.

Confissões de adolescente à parte, a questão é que Capote curtia mesmo um Screwdriver. Bebida que ele apelidou carinhosamente de “Meu drink de laranja”.

Os escritores que o conheceram os descrevem como um homem compenetrado, sempre remexendo um copo com o drink laranja.

Capote era um egocêntrico incorrigível. Chegou mesmo a dizer que, enquanto trabalhava em “A Sangue Frio”, estava escrevendo o romance mais importante da história.

Bom, o que esperar de alguém que se descreve assim: “Sou um alcoólatra, um viciado em drogas, um homossexual. Eu sou um gênio”?

Capote

Em “A Sangue Frio”, Truman Capote escreveu uma reportagem romanceada sobre o assassinato da família Clutter, que aconteceu em Kansas, nos Estados Unidos.

Tudo começou em 1959, quando Capote leu sobre o assassinato no jornal. Depois de investigar a história a fundo e conviver durante quase três anos diariamente com os assassinos, a investigação virou o livro “A Sangue Frio”, publicado em quatro partes no jornal The New Yorker em 1965.

Capote se debruça na trajetória dos assassinos Perry Smith e Dick Hikcock. E é justamente por causa deles que a obra demorou tanto para ser lançada.

Sabe-se que em três anos, o jornalista e escritor conviveu com os dois personagens no corredor da morte e, neste período, deixou a obra pronta. No entanto, esperou estrategicamente mais três anos para que o livro só fosse lançado quando os assassinos morressem enforcados.

Bom, o problema é que, como já disse, Capote era um rapaz bastante egocêntrico e por trás da obra há uma polêmica pra lá de curiosa. (Uma polêmica que sempre me deixou assustada com o que o ego de um escritor ou jornalista pode fazer ao pobre coitado).

Perry e Dick, os assassinos, pensaram ficar amigos de Capote enquanto contavam suas histórias e, durante anos, ambos pediram várias vezes por cartas para que o escritor intervisse por eles na justiça.

Capote disse que chegou mesmo a se afeiçoar por eles, mas lá no íntimo torcia para que o juiz não tomasse nenhuma postura, justamente para que seu livro tivesse o final que ele esperava e fosse lançado após as execuções.

A obra, obviamente, foi um sucesso e rendeu muito dinheiro para Capote, se tornando um marco da história do jornalismo.

Mas o escritor não conseguiu lançar nada parecido com aquela que tinha sido a obra da sua vida e morreu aos 59 anos graças a um câncer de fígado.


 1machado

Screwdriver
Serves 1
Avalie essa receita
Imprimir Receita
Tempo de preparo
5 min
Tempo de preparo
5 min
Ingredientes
  1. - 50 ml de vodca
  2. - 150 ml de suco de laranja
  3. - duas pedras de gelo
  4. - rodelas de laranja para enfeitar
Modo de Preparo
  1. Misture tudo.
  2. Apenas.
  3. E sirva bem gelado!
Capitu vem para o jantar http://capituvemparaojantar.com/site/

screwdriverÉ claro que depois de toda esta história até consigo achar o “Drink de Laranja de Capote” bem mais interessante.

E é de fato uma boa opção de bebida para os dias calorentos, por que não?

E se alguém souber onde encontrar “Bonequinha de Luxo”, por favor, me conta?

 

Denise Godinho

Meu nome é Denise Godinho. Decidi aprender a cozinhar e, para a empreitada ser mais interessante, vou fazer as receitas que estão escondidas dentro dos livros. E, acredite, são muitas!